Ode às coisas boas da vida

Hoje vamos deixar de lado a rotina, os problemas e as preocupações do dia a dia e ver aqueles momentos que nos fazem tão bem e que normalmente a gente não aproveita mais como deveria.

Amizade: Não é ótimo saber que você pode contar com certas pessoas para o que der e vier? Elas gostam de você pelo que você é, até porque não são obrigadas a estar com você. Sair para farrear, ter um ombro para chorar, um ouvido para contar as fofocas é tudo de bom! Amigos deixam sua vida mais leve e colorida.

Família: Esses sim a gente sabe que pode contar de verdade. São a nossa base, o que vão contribuir para nos tornamos pessoas melhores para nós mesmos e para os outros. É amor incondicional e para sempre.

Amor: Como ele pode ser ao mesmo tempo maravilhoso e traiçoeiro? Quantos sapos (ou “sapas”para os homens heheheh) temos que beijar para finalmente encontrar o tão famoso e difícil “The One (o escolhido)”. A gente se apaixona e muita das vezes quebra a cara não é mesmo?

Mas como diria a música da Aaliyah “if at first you don’t succeed then dust yourself off and try again (se na primeira não teve sucesso, limpe a poeira e tente de novo)” porque vale a pena. E ô como vale. Encontrar aquela pessoa que te ama de verdade e quer te fazer feliz não tem preço.

Música: Não tem coisa melhor do que botar seu fone e sair por aí com sua própria trilha sonora? As ruas ficam até mais bonitinhas. Cantar no chuveiro também é excelente. Aliás cantar é muito agradável. Não importa se você é um soprano ou tem voz de taquara rachada. Simplesmente cante.

Pegue sua música favorita e imagine-se em um show. Pegue a escova de cabelo e a faça de microfone ou improvise um air guitar (guitarra imaginária) ou air drums (bateria imaginária) e divirta-se. Só cuidado com o som muito alto para não arranjar confusão com os vizinhos hahahaha.

Natureza: Caminhar entre o verde e respirar ar puro. Mas bom mesmo é mergulhar. Ver a vida marinha e ficar fazendo rodopios e cambalhotas em baixo da água rejuvenesce. Devemos cuidar mais de nosso meio ambiente, ele é a fonte para a continuação de nossa espécie.

Chuva: Água lembra chuva. E chuva, pelo menos para mim, lembra diversão. Vai me dizer que você não adora dançar na chuva e ficar pulando em cima de poças de lama. Se não, lamento, porque faz muito bem ao espírito. Tome uma vitamina C antes e caia na gandaia pluvial.

Ficar largado(a) no sofá: O homem também faz coisas legais de vez em quando. Não ter nada para fazer e assistir seus filmes, seriados e desenhos preferidos em um dia de domingo relaxa que é uma beleza. Ter preguiça uma vez ou outra é perdoável. Até recomendável.

Bom, já escrevi demais. Ainda tem milhares de coisas incríveis para nós desfrutarmos nessa vida. A gente só vive uma vez. Aprecie as pequenas coisas porque são elas que dão mais graça a vida. Não faça sua existência ser medíocre. Não seja platéia, seja o espetáculo. Temos que olhar ao redor e pensar (com o perdão da palavra): Minha vida é mesmo foda!

Que vocês tenham uma vida foda.

Anúncios

Tags:

About Bárbara Gaia

Vivo no fantástico mundo digital e da redação publicitária. https://about.me/bngaia

2 responses to “Ode às coisas boas da vida”

  1. lii.h says :

    adorei seu blog ;D

  2. jlou says :

    Yesssssssssssssssssssss!!!! I Agreeeeeeeeeee!!!!! Disse tudo e mais um pouco! Amei!!!B-JúúúúúAhhhhhh… conselho! Será que num daria pra vc deixar seu espaço de cmentário sem ter que preencher tanta coisa? E-mail. senha, código….. tem algum lugar que desativa isso! Dá um preguiiiiiça!!!rsrsrsrs=P

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: