Escritor popstar é

Acho que Lulu Santos nunca pensaria que usaria um trecho de sua música para falar sobre a Bienal do Livro. Mas precisamente, sobre uma escritora que causou uma verdadeira histeria quando passou por lá.


Para falar sobre a passagem de Meg Cabot, a criadora do bestseller e blockbuster O Diário da Princesa, tenho que contar um causo meu. Eu soube que Meg iria para Bienal realizar uma palestra e algumas sessões de autógrafos. Achei que seria uma boa ideia dar uma passada por lá, já que queria ir na Bienal, e aproveitaria pra conhecer uma das responsáveis pela minha literatura na adolescência. Cheguei lá cedo, porque no site dizia que teria que pegar senhas pra tarde de autógrafos. Mas nunca pensei que seria uma saga digna de príncipe que luta contra o dragão para salvar a princesa. Infelizmente eu seria o príncipe e o dragão seria centenas de teens.

Apareci na Bienal antes que abrissem os portões e me deparei com uma fila que parecia sem fim de pais, crianças e adolescentes. Pensei: “Tudo bem. Faz parte”. Confesso que até fiquei feliz porque aqui no Brasil você não vê muitos entusiastas dos livros. Essa felicidade passou assim que cheguei no stand da editora brasileira dos livros da Meg Cabot. Outra fila imensa, mas dessa vez de garotas ansiosas para ver a escritora. “Jesus, aonde estava com a cabeça?” foi o que pensei. Claro que ela teria centenas de fãs. Ainda mais se seu livro virou filme. DA DISNEY. Ok, respirei fundo e fiquei. Liguei o mp3 e esperei. Por mais de 2 horas. Ok. Mas consegui a senha.

Fui almoçar e tive a brilhante ideia de comprar um lanche e comer perto do auditório onde seria a palestra porque soube que teria distribuição de senha (OUTRA!!!!) a partir das 14h. Fui com meu lanche e uma funcionária me disse que teria que pegar a senha do lado de fora. No sol. De 12h. Chegando lá, adivinha? Mais fila de meninas histéricas. Tinha algumas de 20 e poucos para meu alívio. Mas também histéricas. Ok então. Esperei mais 1h e meia quando, faltando 5 pessoas na minha frente, disseram que acabaram as senhas. Como assim? Comi em pé, no sol, para nada? Mas para minha sorte a organização resolveu fazer outra sessão. Ufa.

Dei então uma volta na Bienal, vi umas coisas bacanas, não cheguei a comprar nada porque já tinhas muitos (e muitos mesmo) livros para ler. Deu 15h e fui para o auditório esperar a sessão de 15h45min da palestra. O que encontro? Mais fila. “Deus, essas adolescentes não vieram também ver a Bienal?” Aparentemente não. Queriam mesmo ver a Meg Cabot. Ela foi tratada como celebridade por eles. Até estranhei. Ficou no mesmo nível que um astro da música ou do cinema. Gente gritando e tirando fotos dela que estava em um lugar na parte de cima, que parecia ser da administração da feira.

Na hora da palestra mais gritos, gente nervosa, gente chorando. Fiquei muito surpresa mesmo. Todas batendo palmas, sorrindo e dizendo: “Meg you’re the best” ou “Meg, I love you”. Ela falou um pouco da sua vida, como suas histórias são inspiradas em acontecimentos da sua própria vida e que se você quer ver seus livros publicados persista, que você ouvirá muitos não mas um dia ouvirá um sim. Como foi no caso dela. Aí que a galera foi ao delírio.

Bom, momento autógrafo. Tinha levado o meu livro e aguardei em mais uma fila quilométrica. Mais precisamente 4 horas de espera. Em meio a esse tempo soube o nome de todos os personagens do Crepúsculo e que pelo jeito um tal de Jake é o preferido das meninas. Também escutei milhares de vezes do show do McFly (os Backstreet Boys da minha época) no Brasil e que seria incrível se a J.K. Rowling (criadora de Harry Potter) viesse na próxima Bienal. Não aguentei tanta coisa teen e coloquei meus fones no ouvido de novo.

No final teve distribuição de tiaras e eu usei para tirar foto com Meg Cabot. Sim. Usei. Ponto final. Já cansada, de saco cheio de estar lá e percebendo que eu não tinha mais idade para isso, um homem apareceu, um anjo na verdade, perguntando quem estava sozinha. Eu levantei logo a mão e ele me encaminhou para a frente da cabine onde ela estava assinando seus livros. Deve ser porque as meninas falavam: “Só vou tirar foto com minha amiga”. Enfim. Ainda bem. Minha vez chegou falei com a Meg que gostava de seus livros quando era mais nova e esperava ser boa escritora igual a ela. Ele disse que estava com os dedos cruzados, torcendo por mim e que para eu não desistir. Fiquei feliz. Ela não pareceu estar cansada de estar ali mas confesso que sua letra estava já meio desgrenhada, afinal foram 400 pessoas para autorgrafar. Saí satisfeita.

Entre adolescentes ensandecidas, pais que não aguentavam mais estar ali e discutindo com seus filhos para irem embora, estava lá com meu livro assinado “For Barbara. Love. Meg Cabot”. Aquilo significou muito pra mim. Que não joguei a toalha e que um dia farei tanto sucesso quanto ela. E que, quem sabe no futuro, estarei eu assinando livros na Bienal. Toda princesa merece seu final feliz.
Anúncios

Tags:, , , ,

About Bárbara Gaia

Vivo no fantástico mundo digital e da redação publicitária. https://about.me/bngaia

4 responses to “Escritor popstar é”

  1. Fernanda Bas says :

    Também estive na bienal domingo e agora lendo isso, fiquei muito feliz por ter conseguido fazer a minha irmã desistir de pegar um autógrafo da Meg. Foi um dragão histérico a menos para você.

  2. umcharme says :

    Gaia, juro que fiquei emocionada com esse post. Ai, como eu sou boba. Me identifiquei. Quando eu era mais nova também adorava os livros da Meg e se eu ouvisse ela falando que está torcendo por mim acho sairia da bienal tão feliz que nem uma princesa em um conto de fadas mesmo! ownnn

  3. Patricia says :

    Que lindo o seu autógrafo!!! Parabéns!!!

  4. Deh Bastos says :

    hauhauhauhauque saga hein… aff!enfim.. o autografo, ao menos pegou =D

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: