Think different

O lema da Apple ajudou a empresa, e muito, a se tornar um ícone na área de computadores, mp3 e gadgets. Se Steve Jobs não tivesse saído da caixa e pensado, além da funcionalidade, o design talvez a companhia não valesse seus bilhões de doláres.

Pensando na área de comunicação ainda continuamos, de certa forma, habituados com a mesma fórmula. Apesar de outros meios estarem ganhando espaço, a televisão, o jornal e a revista ainda são os primeiros a serem escolhidos para a verba publicitária.

Foi sobre isso que Rafael Liporace, diretor geral da Biruta Mídias Mirabolantes, falou em sua apresentação no Encontro com Profissionais, organizado pela ESPM.

Ele tentou entender porque as pessoas, especialmente os profissionais criativos, não ousam tanto. Uma das conclusões que ele chega foi a mesma que Marcelo Serpa, no último Wave Festival in Rio. A razão mais provável seria que quando você tem muita verba nas mãos o medo de arriscar é grande e não se consegue pensar em mais nada senão na velha fórmula de comunicação.

Mas Liporace explica que isso é mesmo do ser humano. “Aposto que a maioria daqui tem o mesmo corte de cabelo há anos”, brinca durante a palestra. Entretanto temos sim que arriscar. Uma nova mídia só é nova se fizermos dela algo diferente. E o diferente gera resultado. Ele mostrou alguns cases da Biruta:

– Formula 1 nas ruas: Para falar do patrocínio da Petrobrás à equipe da Williams, uma réplica perfeita do carro foi estacionada em uma rua de São Paulo. O veículo conseguia até emitir o “ronco” do motor.

A notícia de um carro de corrida parado em uma vaga comum gerou um tremendo buzz em jornais, vídeos no YouTube, blogs, etc. O retorno do investimento foi de 10 vezes mais e 600.000 pessoas foram impactadas.

– Movimento dos Sem Namorado: Essa ação se tornou famosa pelo Brasil todo. A Biruta lançou, para o site de relacionamentos Par Perfeito, o movimento para que milhares de pessoas solteiras encontrassem sua cara metade. A campanha foi divulgada pelas redes sociais, bares e promoções culturais. Através do site você se cadastrava para participar da passeata e saber os dias e locais da manifestação.

O resultado foi um aumento de 40% nos cadastros no Par Perfeito, mais de 300 matérias jornalísticas e o título de maior ação “no-brand” da América Latina.

É o conteúdo que faz uma mensagem ganhar força. A exemplo das ações da Biruta, as ideias aliadas às mídias alternativas geraram uma repercussão gigantesca.

O que é comum muitas vezes pode passar desapercebido. Se o Steve Jobs tivesse pensado na Apple como mais uma empresa de aparelhos eletrônicos será que ele estaria aonde está hoje? #pensenisso

Anúncios

Tags:, , , , , , , ,

About Bárbara Gaia

Vivo no fantástico mundo digital e da redação publicitária. https://about.me/bngaia

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: