Cada pedaço de um lugar guarda uma história

Estou começando a ler Cultura da Convergência, por Henry Jenkins, diretor do Programa de Estudos de Mídia Comparada do Massachusets Institute of Tecnology (MIT). O tema central do livro, como o título entrega, fala da convergências das mídias tradicionais com as atuais. Ou seja, como a comunicação unilateral está entrando em acordo com a participativa e interativa.

Na introdução Jenkins comenta sobre um projeto que existe desde 2004 e confesso que não sabia. O Yellow Arrow vem há 6 anos fazendos as pessoas conhecerem os lugares um jeito bem diferente. Um adesivo em formato de seta amarela (óbvio né? rs.) é colado em qualquer espaço de uma rua. Pode ser no chão, perto de uma loja, na porta de um prédio, etc. Nesse adesivo está escrito um código que a pessoa ao digitá-lo via SMS vai ouvir uma história que leva a ela entender porque o adesivo foi parar lá. O que acaba se tornando um turismo bem inusitado pela cidade.

Idealizado por Christopher Allen, Michael Counts, Brian House e Jesse Shapins, a ideia do Yellow Arrow já passou por 35 países e 380 cidades. O turismo, que antes era feito por agências de viagem e empresas especializadas, agora pode ser produzido pela comunidade local.

Ia ser interessante ver alguns dessas setas amarelas por aqui. Se não é que já têm. Vou passar a olhar com mais atenção, :).

Anúncios

Tags:, , , ,

About Bárbara Gaia

Vivo no fantástico mundo digital e da redação publicitária. https://about.me/bngaia

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: