Previsões para 2011: publicidade digital


Faltam poucos dias para a gente dar adeus a 2010. Tantos foram os avanços e mudanças durante esses 365 dias, em especial para nós brasileiros, que acabamos de nos tornar o 8º país em acesso à Internet, de acordo com matéria publicada hoje no IDG Now!

Crescimento de acesso à internet, crescimento no número de aparelhos celulares, em especial os smartphones, e claro, as redes sociais digitais que também só vem ganhando adeptos a cada milésimo de segundo que passa.

Jesse Thomas, CEO e fundador da agência digital JESS3 resolveu então fazer algumas previsões para o site Mashable sobre o que vem por aí no ano que vem, no que diz respeito à publicidade digital.

  1. Publicidade local se tornará ainda mais relevante com o sistema de localização: Thomas acredita que a expansão da tecnologia de plataforma de localização do Facebook chamada Place será um das grandes responsável pelo aumento no investimento publicitário. Sem contar claro com outros fenômenos como Foursquare que contribuiram para essa ação. Não é novidade que muitas empresas, como a Starbucks, estão oferecendo descontos ou produtos grátis para quem se tornar o “prefeito” de um estabelecimento.
  2. O Vale do Silício será a próxima Madison Avenue: Ser geek e nerd nunca foi tão popular. Todo mundo, nem que faça login no Facebook ou Twitter ou realize uma busca de preços no Google estão fazendo parte do mundo tecnológico. Os trabalhos mais visados não são mais em agências de comunicação tradicionais e sim no Google, por exemplo. E as marcas estão também de olho na web. Só para se ter uma ideia, o investimento publicitário em internet superou o investimento em jornais nos EUA em dezembro.
  3. Os chamados influenciadores da internet serão as celebridades da web (se não é que já são): O que mais se tem visto são pessoas comuns ficando famosas sem precisar de nenhum tipo de relações públicas, bastando somente uma câmera e um site de compartilhamento de vídeos, ou um blog, ou uma rede social. Exemplos no Brasil não faltam de blogueiros se tornando formadores de opinião. Thomas dá um exemplo do hotel The Palms Hotel in Vegas que está dando desconto para àqueles que possuem a maior pontuação no Klout, ferramenta que analisa a influência online de uma pessoa ou empresa.
  4. O pequeno será grande dentro das redes sociais: As plataformas desenvolvidas para as pequenas comunidades, principalmente as de nicho terão ainda mais valor. O Facebook já percebeu isso ao criar o recurso para a criação de grupos.
  5. As marcas se tornaram suas próprias mídias: Com as companhias ficando mais confortáveis dentro do ambiente da web, a criação e divulgação de conteúdo próprio ganhará cada vez mais importância. Com certeza elas já fazem parte das pautas de reuniões.
  6. O botão “like” será um diferencial para sua marca: Thomas faz uma observação muito boa ao escrever “Em vez de fazer testes entre duas fotos para ver quais geram mais “likes”, as marcas e agências mais inteligentes estão utilizando a tecnologia para analisar a variação de mais de 10 mil anúncios e apontar quais “likes” tiveram os CPA (coast per acquisition/custo por aquisição) mais baixos.

Será que Jesse Thomas acerterá todas suas previsões para 2011? Acredito que sim porque a maioria delas já está acontecendo agora.

Anúncios

Tags:, , , , , , , , ,

About Bárbara Gaia

Vivo no fantástico mundo digital e da redação publicitária. https://about.me/bngaia

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: